BELO HORIZONTE - MG

DIREÇÃO

ROSELY TAVARES ALVES PARDINI
DIRETORA

LUCIANE COIMBRA PEIXOTO
VICE-DIRETORA

PATRÍCIA HELENA MOREIRA DOS SANTOS DUTRA
VICE-DIRETORA
COORDENADORA DO PEAS JUVENTUDE

JUCÉLIA SIMONE DE ASSIS
SECRETÁRIA

VANESSA HELENA DE PÁDUA FARIA
ESPECIALISTA DO TURNO DA MANHÃ

ROSY MAGELA FERREIRA DE SOUZA
ESPECIALISTA DO TURNO DA TARDE

MARIA AMÉLIA
ESPECIALISTA DO TURNO DA NOITE

MARIA FÁTIMA LEITE PAIVA
COORDENADORA DO PROETI





Contribua com a escola...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

AULA DE ORIENTAÇÃO SEXUAL MINISTRADA PELO PROFESSOR ALEXANDRE - PROETI (Projeto Escola de Tempo Integral)

Para um bom trabalho de Orientação Sexual, é necessário que se estabeleça uma relação de confiança entre alunos e professor. Para isso, o professor deve se mostrar disponível a respeito das questões apresentadas, não emitir juízo de valor sobre as colocações feitas pelos alunos e responder às perguntas de forma direta e esclarecedora. Informações corretas vista científico ou esclarecimentos sobre as questões trazidas pelos alunos são fundamentais para seu bem-estar e tranqüilidade, para uma maior consciência de seu próprio corpo e melhores condições de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, gravidez indesejada e abuso sexual. Na condução desse trabalho, a postura do educador é fundamental para que os valores básicos propostos possam ser conhecidos elegitimados de acordo com os objetivos apontado. Em relação às questões de gênero, por exemplo, o professor deve transmitir, pela sua conduta, a eqüidade entre os gêneros e a dignidade de cada um individualmete. Ao orientar as discussões, deve, ele próprio, respeitar a opinião de cada aluno e ao mesmo tempo garantir o respeit e a participação de todos.